Vamos tornar-nos mais civilizados?

terça-feira, 14 de abril de 2009

Eu, a engenharia, os estaleiros de Viana do Castelo, os Kinks e a (o) Lola

Foi com a maior naturalidade que ouvi a notícia de que os Estaleiros Navais de Viana do Castelo não tinham conseguido colocar um navio por si construído a navegar à velocidade  que o cliente pretendia. Já sabemos da qualidade da engenharia que formamos, especialmente em fins-de-semana!
Foi ainda com naturalidade que ouvi que o Governo de uma das nossas regiões autónomas (o cliente), não só não aceitaria o navio, como tencionava pedir uma indemnização pelo não cumprimento dos prazos estabelecidos no contrato e pelo não cumprimento da velocidade que o navio devia atingir. Está tudo certo: a somar às deficiências da engenharia temos a planificação de trabalho em que também estamos longe de ser maus: situamos-nos no péssimo. 
O que acho estranho é que a toda esta argumentação o estaleiro responda que o cliente tem toda a razão, sem mais, nem ontem.
Se o que se pretende é descapitalizar e encerrar os estaleiros, escolheram a forma mais obscena possível para o fazer. Mas, admito que algum "iluminado" o tenha posto em prática. O que acho estranho é que ninguém, absolutamente ninguém, se proponha accionar os responsáveis por este autêntico crime económico.
Mas, então, não há responsáveis por esta farsa? Sairão os autores deste fiasco impunes desta situação. Ou, pior que isto, será que os Estaleiros de Viana do Castelo não eram, de todo, capazes de satisfazer os requisitos da encomenda que se propuseram satisfazer?
Não há processos de averiguações, apuramento de responsabilidades?!?!?!
Não há ninguém que se lembre que todos nós já pagámos e continuamos a pagar para que aqueles estaleiros se mantivessem abertos e a laborar, para que não aumente ainda mais o desemprego?
Irra! Exijo um inquérito e o apuramento de responsabilidades, porque se não houver uma coisa nem outra, há uma qualquer jogada por detrás da cortina!

video

Sem comentários: