Vamos tornar-nos mais civilizados?

terça-feira, 18 de agosto de 2009

O fantasma do Artic Sea

Parece que o fantasma dos cargueiros volta a atacar. Não deve ser o mesmo que assola para os lados do corno de África (como se em África não fosse tudo corno, enganados que são todos os dias por europeus e americanos e japoneses e o diabo a quatro).
Mas este fantasma do cargueiro é particularmente bizarro. Fundeou o navio em águas chochas e ali o deixou. Se ainda fosse carregado de chocolate ou de cacau, eu diria que estava em banho-maria e que a seguir íamos ter mousse, Mas não!
A propósito de mousse, prefiro a do cozinheiro sueco. Ora vejam lá se não a preferem também

3 comentários:

Fada do bosque disse...

Que saudades!... então o Proveta e o Animal?! hem?! O baterista e o ajudante cientista... grandes cromos!

ahhahahahaha Adorava!

Fada do bosque disse...

É pá, ca ganância vi o filme sem ler o texto e não é que está demais?!ahahahhahh assim, o filme, tem que se lhe diga...ahahahahahahahahahah

Manuela Araújo disse...

Este "Chocolate moose" é das cenas que mais me ficou na memória dos Marretas. Um delírio, o trocadilhos de palavras, a cantoria e a fala do cozinheiro sueco... uma delícia de mousse!
Boa ideia de colocar aqui.